sábado, 29 de março de 2014

Telas inacabadas

Existimos
Apenas no movimento

Ele é simples, pendular
Seu trajeto é habitado pelo ar

Não ocupamos o espaço na inércia
Ali é para poucos, para os que dominam a arte do pensar

Tateamos o abstrato
Pegamos carona no impulso

Não somos, jamais seremos
Aspiramos ser

29-03-2-14

Nenhum comentário:

Postar um comentário