terça-feira, 23 de maio de 2017

Vontades próprias

Há palavras
Que moram por aí

Insinuam-se femininas

Depois de umas tequilas, deixam-se estampar
Junto ao batom
Nas paredes de bentos bares

São palavras
Que preferem mesclar-se à música

Em vez de
Viverem enlatadas
Como se fossem sardinhas

23-05-2013, 2016