sexta-feira, 30 de abril de 2010

Turmas

Uma turma vai para o lago

Espelha-se na superfície

Enxerga coisas no fundo


A outra prefere o raso do espelho


30-04-10

segunda-feira, 19 de abril de 2010

A cara do centro

Fizeram a cidade escutar
Sua própria voz
Num dia qualquer da semana

Ela fingiu só ter ouvidos
Para  o  som do "três em um"
De uma vizinha

Quantos pratos tinha que por na mesa?
Nunca lhe perguntaram

Pobre cidade
Abrigo de ocultos personagens
Sonegam-lhes a paisagem e a vista para o rio


19-04-10

sábado, 17 de abril de 2010

It's time

A rainy day in my mind

It's all that my body needs

My heart says that's autum time

And he's tired of the summer breeze

17-04-10

sábado, 10 de abril de 2010

Flashes

Temos tarecos guardados nos depósitos da alma
Assemelham-se a arestas, que
Nem sempre machucam

Sentimos, quando delas lembramos
Que gente é uma coisa caduca

10-04-10

sábado, 3 de abril de 2010

Noviço

As palavras não pedem licença para sumir
Há muito a ser "dito"
Por vêzes, não se é capaz

Em vez de ar, fumaça
Frieza na íris, onde outrora brilhava o castanho dos olhos
Abre-se um livro, a gente  é como uma criança que engatinha

03-04-10

quinta-feira, 1 de abril de 2010

Fazendo arte

Como se quisesse colo, desabafou:
"Acho que ando muito amargo".
"Não gosto de mim assim".

Ela disse que, na dose certa
A amargura poderia se transformar em arte.

Então, ele levou um pedaço de chocolate à boca
E sorveu-o, lentamente...

01-04-10