quarta-feira, 30 de junho de 2010

segunda-feira, 28 de junho de 2010

Degustação

Fosse da chuva o convite
Iria ao bar

Faria meu ninho no canto
Sob o chapéu da marquise

Papel, caneta
Morosos goles de lua
E afagos da tua silhueta


28-06-10

sexta-feira, 25 de junho de 2010

Metamorfoses

Desencantos, encontros, paixões
Receios, inércias, expectativas, insucessos
Afinidades, amores

Dinheiro, culpas e engrenagens

Em água, em vida
Deveria ser tudo transformado

25-06-10

sexta-feira, 18 de junho de 2010

Claquete

Sucessor do napalm, de Hiroshima, do Exon Valdez
Das múltiplas faces da guerra
Único amigo, The End

Mostra-te no pálido branco das telas
Nesse instante em que acolhes um humilde soldado
Que nos revelou a --verdadeira--cegueira humana

18-06-10** morte de José Saramago

sábado, 12 de junho de 2010

Versteckte Liebe

Jemand zu treffen
Villeicht zu vergessen

Jemand zu treffen
Villeicht zu vergessen

Jemand zu vergessen
Villeicht zu treffen

Jemand zu vergessen
Villeicht zu treffen

..........................
..........................

Jemand

12-06-10

quarta-feira, 9 de junho de 2010

domingo, 6 de junho de 2010

Valor da moeda

Eram cinco horas da manhã
Anunciou o antigo relógio de mesa, recém consertado.

Depois disso, mais nada
Nem o som de um respiro

O silêncio é um bem inegociável.

06-06-10

terça-feira, 1 de junho de 2010