sábado, 29 de dezembro de 2012

Das invejas e mágoas

Às vêzes, inventa-se  uma certa inveja, vinda dos outros
Para justificar uma latente mágoa, enrustida em si mesmo

29-12-2012


quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

Gula

Embora estivessem empanturrados, queriam mais, mais e mais...

Não bastasse, mostravam-se pedantes os "connaisseurs" em gastronomia,
aliados aos pomposos enochatos, digladiavam-se em conversas sem sentido

O chefe de cozinha pensou que era hora,
preparou pão francês, recheado com banha de porco e palha de aço

Foi alardeado e servido como especiaria

Exótico! Exótico!
Era o brado que vinha do salão

27-12-2012


segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

Aufwiedersehen, adiós, bye-bye, addio, adeus

Ferido de morte na asa direita, amerissa o díptero inseto no lago do vaso sanitário
Ao mesmo tempo em que , uma mão assassina dirige-se para o botão de descarga

24-12-2012

sábado, 22 de dezembro de 2012

Nove milhões de dólares

Depois de acertar na mega sena, escrever lhe cansa
Pensa que inspiração é coisa de pobre

Pobre cabeça

22-12-2012

sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

Listinha (para entregar ao Papai Noel)

a) (Des)ordem no meu interior, porque paz mundial é utopia
b) Livros e discos
c) Um sistema menos perverso
d) Polpudos lábios vaginais, que remetam meu pensamento à bolinha de sorvete na casquinha, sem pazinha.

*Cada ítem, deve (incondicionalmente) trazer consigo o ítem "d".


19-12-2012

terça-feira, 18 de dezembro de 2012

Norte

Vou remando na minha canoa
De encontro a uma aurora boreal

Se navego dentro de mim
Você lá está

Então, rumo ao meu encontro
Independente do teu destino

18-12-2012

segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Textura

Sob a branca de malha
Boba
A mão crescida se espalha

17-12-2012

Cenapoema III

Trôpego, regado à cachaça
Bota enlameada
Touca adernada no teto

Meio sem graça
Cumpre o Papai Noel a jornada
De saco repleto

17-12-2012




domingo, 16 de dezembro de 2012

Dos básicos saberes

Se você não é apicultor, não mexa com abelhas africanas
A não ser que você seja da opinião, de que vale a pena correr o risco

16-12-2012

sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Leveza do fardo

Uma pilha de livros no baú da sala
Um show musical na tela
Um par de tênis que não aperta
Um violão que caminha pela casa

Hoje, se puder, não faço mais nada
Nem mesmo um poema

11-12-2012

domingo, 9 de dezembro de 2012

Toque de silêncio

Quem dera, acatássemos o chamado do joão-de-barro
Sob um flamboyant, em dia de céu aberto, veríamos dedos estendidos às alturas
Desordenados traços de nanquim sobre tela de fundo azul

Mãos que tentam tocar o firmamento, quem sabe
Abrigadas por um chapéu verde, ornamentado de flores alaranjadas

No miolo delas, sinos amarelos vindos do além
Ali acontece a festa das cigarras
Na árvore esculpida por alguma divindade

09-12-2012


sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

domingo, 2 de dezembro de 2012

Antes e depois II

GRE-nal.................................gre-NAL

02-12-2012 ....Último e histórico jogo, pré-implosão do estádio olímpico.

sábado, 1 de dezembro de 2012

Das aptidões

Vampira(o) que se preza, não joga confete
Chupa sangue e faz boquete

01-12-2012

Conjunto dela

Sapato cor de areia na minha praia
Combinando com a preta de rendinha
Quero que, o mundo de inveja caia
Pra saudar minha rainha

01-12-2012