sábado, 29 de agosto de 2009

Canais

Briga de faca no bairro vermelho
Turco contra negro
Disputa de território, pelas drogas

Chega a polícia holandesa
Batendo, mais forte que meu coração

Mulheres nuas nas vitrines, expostas
Como  os tecidos na loja de meus pais, quando eu era criança

Blues e Jazz nos pubs tocam Chet Baker e Miles

Líquidos, de tipos todos, circulam pelas veias e canais
São quatro horas da manhã
Às nove , descansam as garrafas
Ao lado dos containers de lixo

Amsterdam, anos 80
Bem diferente da de hoje em dia

08-05-2013














terça-feira, 25 de agosto de 2009

Lacunas

Tardes quentes, toneladas
Halteres são o próprio chão
Somos ninguém , de ninguém
Nestas horas

O vazio em vão, o palpite
É a parte nossa que se cala
Até que a outra grite

25-08-09

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Wünsche

Würde gern im Amsterdam oder Rio leben
Nur für eine Zeit

Hier bin Ich ganz sicher
Kommen meine Träume nicht Weit

20-08-09

Nevos melanocíticos

Pronto para a pequena intervenção
Adentro no ambulatório

O Doutor pede minha mão
A direita

Eu
Num clima de velório

Doutor, não é na mão

É, quase
Do lado do coração

Estou no lugar de outra paciente

Ela estava gripada

A  cirurgia dela
Foi desmarcada

Ah!
Agora lembrei do seu caso
Diz o cirurgião

Só então, apaguei

20-08-2009

domingo, 16 de agosto de 2009

Pupilo

Quando anoitece, me perco

Todas as vozes são tuas
Eu festejo

Calado , eu queimo
Desejo

Nos bares, nas baladas
Teu nome é o verso que eu vejo

No teu sono que gravo em papel
Imagino cascatas
De beijos

De manhã, minha face no espelho
É molhada de vida, que é tua

As águas que banham teu corpo

São meus dedos, descobrem-te
Nua

Me encontro teu aprendiz
Navego no mar dos segredos

Aluno de tuas lições
Ganho a rua

Senhor
Dos meus medos

16-08-2009

sábado, 15 de agosto de 2009

Blues for Vaughn, Stevie Ray

Six O 'Clock in the morning
He plays Little Wing for the devil

Just diamons in the sky
they make us feel better

Fly Ray, Fly high away
when you play the blues
my soul sings for the day

15-08-09

Bei Der Reise

Selbst Wenn Ich ausser Mir reise,
treffe Ich Dich unter den Schätten

Dan sollst Du die Sonne bringen,
Da Ich den Weg erkenne

Wäre Ich nicht blind, Wenn Ich Mich nicht nach Dir sähne??

15-08-09

segunda-feira, 10 de agosto de 2009

Cinzas

Há dias
A gente se recolhe pra dentro de si
Porque lá fora tá escuro

É dar-se conta
Que a vida é jogo de um só tempo
Sem prorrogação

Por dentro,  vai dar praia
Com direito a trilha musical
Um encontro de areia com anil

Corremos pra janela, porque passa a Portela
Ou
Passeia uma moça, usando um vestido
Que só Carolina não viu

10-08-09

sexta-feira, 7 de agosto de 2009

Casa poema

No Rio de Janeiro em Botafogo
Mora uma casa diferente

Seu teto
Serve pra Maria, João
Advogados, políticos
Pro Beto, até pra médico e arquiteto

Dizem ser uma casa linda
Por fora e por dentro
Como Elisa Lucinda

Grande ou pequena
Tamanho não é tema

Uma casa sem luxo, com muito afeto
Só podia ser Casa poema.

07-08-09

sábado, 1 de agosto de 2009

Vitrais de Lis

Flama......................inflama..........se inflama
Jazz,canto,encanto, luz da semana

Nuvem, teatro,cisne, cinema,emblema..........Ipanema
Dorme desperta trabalha...................vira chama

Clara, claridade é nome de quem....................ama
Angela,Rita, Maria............................................Ana

Esperança, Saudade, como se chama?
Doce lágrima, Nara, um nome bacana.................

.........................Elis.................Lis...............Elisama.

01-08-09