quinta-feira, 30 de abril de 2009

Selbstkritik

Às vêzes, nem percebe,
passa uma lição de moral...

Depois de muita briga com as palavras,
parece que afina o ritmo,
como um rio que segue seu curso...

Deságua num oceano de dúvidas,
vira chuva limpa, toca a terra,
certa de sua necessidade.


30-04-09

terça-feira, 28 de abril de 2009

Companheira

A música flerta com a suave melancolia
Tira onda da saudade
Rege a existência, adoçando-a aos bocados

28-04-09

domingo, 19 de abril de 2009

Duas taças

Tem jogo que tem de ser vencido
Mesmo ferido

Tem dia que é de graça
De erguer as taças
De botar a bateria na rua

Tem hora que é de festa
De esticar a seresta
De namorar com a lua

19-04-09

quarta-feira, 8 de abril de 2009

Mail

As imagens escorrem como água entre os dedos
Ressurgem no corredor das lembranças

Há uma caixa de correspondência, um abrigo
Para uma carta que descreve duas silhuetas
Um prenúncio de um encontro


08-04-09

sábado, 4 de abril de 2009

Propósito

Um norte para essa gente, por favor !
Que não seja, somente, de uma de bússola

Bem-vindos os "robots"
Que pensam

Eles são diferentes

04-03-2009