sexta-feira, 21 de dezembro de 2007

Lugares ( ainda ) vagos

Vestiu-se de cigana
Foi dar sopapos no mundo
Montar na sela da vida
Antes de seu mundo acabar

Caminhou no sol e na chuva
Tirou as algemas do tempo
Queria ser feliz por dentro
Antes do mar se zangar

Apesar das dores de amor
Voltou com a pele bonita
Viu que quem nele acredita
Não deixa a vida passar

21-12-07