terça-feira, 30 de julho de 2013

Sei que estou vivo

Quando escuto Rolling Stones
When Lisa Fischer rocks

Quando a guitarra de Buddy Guy lança chamas

Quando o blues me atravessa
When Little Walter blows his soul

Quando crianças brincam

30-07-2013

sexta-feira, 26 de julho de 2013

Reforma política

Que o sonho de junho não seja a parte fraca
Não sucumba ante o futebol e o papa

26-07-2013

The Stones are Rolling yet

..............62.................1970....................80......................90

..................2000........................010..........................016(Cuba)...........

................020..............

26-07-2013 e  25-03-2016

quinta-feira, 25 de julho de 2013

Quinta-feira

Quinta, sem feira
Com eira
Com beira

Sem pinta
De quinta

25-07-2013

Varredor

É onda na praia meu verbo
Varre-me tiquinho a tiquinho
Meu verbo não sabe o caminho

Busca um pedaço de mim
Leva, meu verbo, me leva
Nas marés dos teus desalinhos

25-07-2012

terça-feira, 23 de julho de 2013

segunda-feira, 22 de julho de 2013

O livro da face XX

Nem dormia mais, de tão preocupado
Nasceu, e é um principe! kkkkkkkkk, até K657.876

22-07-2013

domingo, 21 de julho de 2013

A neve no Rio Grande do Sul

Tem gente que ainda duvida
Mas é um baita escarcéu
Noventa e nove vírgula nove por cento dela vem da mídia
Zero vírgula um por cento cai do céu

21-07-2013

sexta-feira, 19 de julho de 2013

PoeMania

Se no bar
Me perguntam por você
Sorvo um gole e desconverso

Digo: "Faz tempo que não chove"
Que o garçom anda disperso

Que orquídea negra é flor rara de colher

19-07-2013

quarta-feira, 17 de julho de 2013

segunda-feira, 15 de julho de 2013

Decorpoema

Pintarei meu ninho de branco
qualquer dia desses

Nas paredes e no teto, em vez de espelhos
poemas

Entre um gole e outro de vinho, num simples percorrer de olhos
Lerei  versos em negrito

Uma mesa de sinuca servirá de companhia

Alçarei voo
rumo a desconhecidos continentes

Enquanto encesto a bola sete na caçapa

15-07-2013

Ainda vou pintar meu ninho de branco
Escreverei poemas nas paredes e no teto

Vou colocar uma mesa de sinuca no centro da sala
Entre um gole e outro, leio versos em negrito
Enquanto encesto as bolas na caçapa
16-07-2013

sábado, 13 de julho de 2013

Manhã de ser

Porque
Em tons de cinza são as pinceladas
Porque
A tela está molhada
Porque
Os olhos no cérebro cochilam

A moldura tem pouco a dizer

13-07-2013


quinta-feira, 11 de julho de 2013

terça-feira, 9 de julho de 2013

Cenário

Sobe a veneziana
O palco é uma gelada cortina de voile

A atriz é a luz
Parece dar às coisas um sentido

Há uma vidraça que filtra carícias
Beijos frios são censurados

O sol aquece-os
Como se há muito
Das janelas íntimo fosse

09-07-2013

sábado, 6 de julho de 2013

Consequência

Como se apagasse tatuagens
Descartei alguns poemas

Desarvoraram-se em mim
Domingueiros

O que não se define, corre ao meu encalço
Quer esfaquear o feiticeiro

06-07-2013


Engraçado

Não, o modo de vida dos políticos no Brasil
Não é nada engraçado

Engraçado é ver o Tarzan pelado
Atravessando o deserto
A nado

Com as mãos nos bolsos

06-07-2013

quinta-feira, 4 de julho de 2013

Matéria-prima

A inútil esfera do rolamento esquerdo
Do cano de descarga de um carro sucateado
Cujo volume é calculado
Através da fórmula, que se baseia na tese
Do labirinto do Minotauro
E
O trilar do grilo
Servem para o poema

04-07-2013


Perfeição

Se o verso vem certinho demais
Vira-se pelo avesso

04-07-2013

segunda-feira, 1 de julho de 2013

O livro da face XIX

O futebol funciona como um tapete
A gente empurra o medo de mudar pra debaixo dele

01-07-2013

Pão dos pés

Gente deseducada
No trânsito,  na calçada

Cachorro abandonado
Um assalto em cada esquina
Numa delas, um namorado

A menina dos correios não dá bola
É  dona da esperança sem fim

Faltam cartas de amor na sua sacola
Ela sonha com colibris nos jardins

01-07-2013