quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

Beleza da preguiça

Derramas-te no ninho
Como a arte em desabafo

Petúnia
Dormes ao sol da tarde, entrelaçada

Lindamente desordenada
Como as gavetas de teu roupeiro

10-12-2015


Nenhum comentário:

Postar um comentário