quinta-feira, 13 de agosto de 2015

Desjazzjum

Alma adentro, o jazz acomoda-se
Toma o café da manhã

De mansinho, conquista

Manteiga no pão
Talvez mel, ou geleia

Com sorte, no parapeito da janela
Apareçam alguns pardais na plateia

13-08-2015

Nenhum comentário:

Postar um comentário