quinta-feira, 4 de junho de 2015

Pêndulo

Adentras nossas casas
Cansado de oscilar por aí

Andas sempre apressado
Somos espelhos de ti

Se a noite beija os lábios da aurora
Conte-nos sobre o mundo lá de fora

Relógio
Dá sentido a teu existir


04-06-2015

Fotografia, julho de 2015

Nenhum comentário:

Postar um comentário