segunda-feira, 14 de julho de 2008

Lado A, Lado B

Esse cara, de nome B
Reizinho do lado escuro
Quando desce do muro
Faz tudo pra aparecer

Seu humor anuncia
Em alto mar há tormenta
O lado A é quem aguenta
As "delicadezas" do dia

Nas finitas, alegres jornadas
Quando A se ausenta de B

É incrível de se ver
Parece convite da madrugada
Pra festa, onde A quer você

14-07-08

Nenhum comentário:

Postar um comentário