terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

Retrô

à Ana Cristina César (1952-83), pela inspiração


Anfitriã,

Noturno esconderijo,
onde o orvalho sussurra adjetivos

Por entre nesgas de luz,
ora da lua, ora da rua

E dribla suas folhas escuras
para lamber convidados

Seringueira,

Dama da esquina, charme do bairro

Guardiã de encantadores, impublicáveis prefácios

23-02-10

Nenhum comentário:

Postar um comentário