quarta-feira, 12 de outubro de 2016

Poema sem título II

I
A imaginação
Prefere curvas às retas

Cria de antemão
Clareia visões encobertas

II

Desordena lençóis
Propõe descaminhos

Dá luz aos atóis
Encanta  passarinhos

III

Pela paz, ou na arte
Veste fantasias

Se chega, ou se parte
Baunilha é o sabor de seus dias

12-10-2016

Nenhum comentário:

Postar um comentário