terça-feira, 15 de março de 2016

Sopro de oração

Asa
Braço de rio ao luar

Que tenhamos sempre direito à descoberta

No breu, que haja esperança
Faça-nos alerta

Revele-nos as portas
Que alumiem nossas veredas

Quando parecerem extintas
As chamas dos candeeiros

15-03-2016

Nenhum comentário:

Postar um comentário