sábado, 6 de dezembro de 2014

Imã

Nunca nado
na direção de uma ilha qualquer

Chama pela outra, dentro de mim
aquela que me atrai

Se ela quiser
que eu não vá ao seu encontro
claro que me desaponto

Que o tempo afague
meu alheado coração
Quando me (dis)....traio

Sem o risco da ilusão
nem por um Deus
nem por um Diabo

Haverá um acaso
que possa ser bem-vindo

06-12-2014

Nenhum comentário:

Postar um comentário